Brazilian Footwear

Brazilian Footwear
Uma década expandindo fronteiras

Em outubro de 2000, a Abicalçados assinou o primeiro convênio para a implantação do Programa Setorial Integrado (PSI) com a Agência de Promoção às Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). Denominado Brazilian Footwear, o Programa mantém como objetivo consolidar novos mercados e promover a marca Brasil, associando-a a valores como qualidade, confiança, inovação, contemporaneidade e agilidade.

O que é?

O Brazilian Footwear – Programa de Promoção às Exportações de Calçados é desenvolvido pela Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados) em parceria com a Agência de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). Ao promover os calçados nacionais, o Brazilian Footwear permite a ampliação dos destinos dos embarques, estimulando o crescimento e a qualificação do setor, a geração de empregos e a arrecadação das divisas.

A participação nas atividades do Brazilian Footwear é aberta às empresas calçadistas que se identificam com os objetivos, metas e compromissos do Programa. Para maiores informações e/ou solicitar uma entrevista sobre o Programa, entrar em contato com bf@abicalcados.com.br

Principais objetivos:

  • Aumentar o valor total das exportações nos mercados-alvo;
  • Aumentar o número de empresas ativas no processo de promoção comercial do Brazilian Footwear;
  • Aumentar as exportações de calçados de maior valor agregado das empresas participantes do Brazilian Footwear nos mercados alvo;
  • Aumentar o número de empresas participantes em atividades de informação e de qualificação para o comércio exterior;
  • Aumentar a participação de marcas próprias na pauta de exportação brasileira;
  • Aumentar a exposição da imagem dos calçados brasileiros no exterior.

Mercados-Alvo

O Brazilian Footwear definiu sete principais mercados-alvo distribuídos em quatro continentes. Estes países receberão uma série de atividades que visam promover a marca Brasil e estimular a comercialização dos calçados brasileiros.

ale chi col eua eua fra hk ita
Alemanha

O mercado consumidor da Alemanha é um dos mais exigentes, principalmente quanto ao conforto. Estar presente neste país é uma das apostas do Brazilian Footwear. Em 2010, o Brasil exportou 2 milhões de pares, somando US$ 34 milhões. Este desempenho colocou a Alemanha em nono lugar entre os principais compradores do calçado made in Brazil.

Potencial de consumo: 351 milhões de pares
China

O mercado chinês é considerado de alto potencial em virtude de seu amplo mercado consumidor, que vem crescendo diante do aumento do poder aquisitivo da população. As exportações brasileiras de calçados para a China totalizaram US$ 2,7 milhões em 2010.

Potencial de consumo: 1.997 bilhão de pares.
Colômbia

A Colômbia é um mercado com crescimento, sendo que a fabricação nacional não atende a demanda interna. Sua posição geográfica facilita a presença de compradores de vários países vizinhos, como República Dominicana, Equador, Peru e Chile, posicionando-se como a melhor opção para realizar ações de promoção comercial. As exportações de calçados do Brasil para a Colômbia totalizaram US$ 20 milhões em 2010.

Potencial de consumo: 112,3 milhões de pares
Estados Unidos

Os Estados Unidos é o maior mercado de destino das exportações brasileiras de calçados. Por ser um país influente nas decisões de compra do mundo todo, o objetivo do Brazilian Footwear é firmar a participação das marcas nacionais neste mercado. As exportações brasileiras para o mercado americano totalizaram, em 2010, o valor de US$ 341 milhões, devido ao embarque de 29 milhões de pares.

Potencial de consumo: 1.987 bilhão de pares
França

A indústria calçadista exportadora tem atuado de forma continuada na sua inserção junto ao mercado francês. Desde 2007, o Brazilian Footwear, através das marcas do grupo Design Brazil, participa de feiras muito seletivas durante a Semana de Moda de Paris com produtos de alta moda. A principal característica dos compradores é a realização de pedidos em pequenos volumes, o que caracteriza lojistas de boutiques com marcas top e produtos exclusivos. Em 2010, o Brasil exportou 2,6 milhões de pares, gerando US$ 59 milhões. A França é o quinto principal comprador de calçados do Brasil.

Potencial de consumo: 364 milhões de pares.
Hong Kong

O mercado asiático começou a ser alvo das atividades do Projeto através de Hong Kong, a partir de 2008. Este mercado é reconhecido como um hub comercial para Ásia em função de sua localização geográfica, pelo seu poder de compra e pela atração de grandes marcas globais bem como do mundo fashion. Através de pesquisa de mercado percebe-se que Hong Kong é um mercado potencial para produtos de luxo e de moda. As ações do Brazilian Footwear neste mercado iniciaram em 2008 com a participação em feiras internacionais e apoio de relações públicas. As exportações brasileiras de calçados para Hong Kong em 2010 somaram US$ 21,3 milhões

Potencial de consumo: 38,6 milhões de pares
Itália

A Itália é considerada a "vitrine da Europa", além de ser um dos mais tradicionais fabricantes de calçados de alto valor agregado. Estar em uma loja italiana é um grande desafio para o calçado brasileiro. Por isso, este mercado é prioritário não apenas pelo potencial de consumo que ele representa, mas pela capacidade de aprendizagem em como vender para a Europa e para o mundo. Em 2010, a Itália foi o quarto principal país de destino das exportações brasileiras. Foram embarcados cerca de 5 milhões de pares para a Itália. As divisas geradas no período foram de US$ 102,5 milhões.

Potencial de consumo: 316 milhões de pares

Ações

O Brazilian Footwear desenvolve uma série de ações para a promoção do calçado nacional tanto no Brasil como no exterior.

  • Inteligência comercial

    Objetivo: Capacitação e informação às empresas associadas
    O Brazilian Footwear disponibiliza uma estrutura de informação para o suporte das empresas associadas ao Programa, tais como:

    • Dados estatísticos
    • Estudos de mercado
    • Atendimento de demandas específicas
    • Suporte com fontes de pesquisa
  • Projeto Comprador Nacional

    Objetivo:Promoção Comercial
    Proporciona a vinda de potencias compradores nas duas principais feiras brasileiras: Couromoda (janeiro) e Francal (junho).

  • Projeto Comprador Regional

    Objetivo: Promoção Comercial
    Proporciona a vinda de potenciais compradores em feiras e eventos realizados nos polos calçadistas.

  • Feiras Internacionais

    Objetivo: Promoção Comercial
    Apoia a participação das empresas associadas ao Programa em eventos globais, como Coterie e Platform (EUA) Expo Riva Schuh e Micam (Itália), GDS (Alemanha), IFLS (Colômbia), Missão Brasil/Ásia, entre outros.

  • Press meeting

    Objetivo: Posicionamento e Imagem
    Showroom de calçados brasileiros em locais estratégicos na formação de opinião, como Nova Iorque e Paris, onde editores e fotógrafos têm acesso aos produtos nacionais.

  • Divulgação de Produto

    Objetivo: Posicionamento e Imagem
    Realizada na Itália, esta ação define um grupo de marcas que têm produtos adequados para esse país e as auxilia na divulgação em veículos de moda.

  • Assessorias de Imprensa e de Relações Públicas

    Objetivo: Posicionamento e Imagem
    O Programa mantém assessorias de comunicação e de relacionamento nos mercados alvos, que atuam diretamente com formadores de opinião e compradores potenciais. Press releases e informações de mercado são distribuídos para um mailing especializado.

  • Vogue Brazilian Footwear

    Objetivo: Posicionamento e Imagem
    A Vogue Brazilian Footwear divulga o potencial criativo, de moda e de design dos associados do Programa. Circulando desde janeiro de 2009, sempre duas vezes ao ano, a publicação tem versões em português e inglês. É distribuída nos principais eventos de moda e nas feiras nacionais e internacionais.

  • Projeto Imagem

    Objetivo: Posicionamento e Imagem
    Proporciona a vinda de jornalistas, fotógrafos e formadores de opinião em feiras e eventos realizados no Brasil, para que registrem nas diversas mídias suas impressões sobre o calçado nacional.

Brazilians know how to make shoes and are very passionate about what they do. The positioning that generated the advertising campaign that has been circulating through global media emerged from this mix of expertise with passion.